11-11-2021

RNAE alia-se aos consumidores contra o aumento do preço da luz

Numa altura em que este ano já foi anunciada uma 2.ª subida do preço da eletricidade no mercado regulado, a RNAE lança uma Compra Coletiva para negociar os preços das faturas de luz e gás dos consumidores !

Negociar os preços das faturas

O mercado ibérico de eletricidade (Mibel) tem-se mostrado profundamente instável e os preços de eletricidade têm atingidorecordes históricospraticamente todas as semanas. Aliás, a prova disso mesmo é que o preço do MWhno mercado regulado para o consumidor final, está comparativamente 10 euros mais caro que em janeiro, devido à segunda alteração tarifária da ERSE para este ano.

No entanto, e embora a tendência do preço grossista de eletricidade seja de aumento, existem algumas formas de negociar o preço das faturas de energia e contornar as atualizações que as comercializadoras  têm imposto aos seus clientes.

É exatamente este o propósito da RNAE -Associação das Agências de Energia e Ambiente (Rede Nacional)- que se juntou à Selectra- empresa especializada na comparação de tarifas-para lançar uma compra coletivacom o objetivo de negociar melhores tarifas de luz e gás para todos os consumidores.

 

Como posso aderir?

Todos os consumidores, Micro e Pequenas Empresas (pequenos negócios) e entidades do Terceiro Setor(IPSS, Associações, entre outras) podem-se inscreverde forma totalmente gratuitae sem compromisso. Para o fazerem, basta acederem ao formulário, e preencherem os dados pedidos (designadamente do consumo energético atual).

Terminado este processo, os inscritos só terão de aguardar pelo email com a melhor oferta negociada que a RNAE, juntamente com a Selectra, acordaram junto das comercializadoras de energia.

 

Quanto mais inscritos, maior a poupança!

Até ao último dia de negociação qualquer pessoa/entidade interessada pode-se inscrever nesta Iniciativa e, caso aceite a troca de comercializador, sendo esta livre de qualquer fidelização, poderá escolher ficar com a nova tarifa ou continuar com o comercializador que tem atualmente.

Por fim, é importante frisar que, quantas mais pessoas/entidades aderirem, melhor será a poupança que se conseguirá alcançar, uma vez que demonstrará o crescente interesse dos consumidores neste tema e dará assim, maior visibilidade à RNAE para conseguir negociar os preços junto das comercializadoras.